A Philips e a TPV criam uma sólida companhia global de Televisão

Abril 18, 2011

Amesterdão, Holanda – A Royal Philips Electronics (NYSE:PHG, AEX:PHI) anuncia hoje que chegou a um acordo para transformar o seu negócio de televisão numa joint venture com a TPV Technology (0903.HK) como parte de uma associação estratégica a longo prazo. À TPV cabe 70% e à Philips 30% da nova empresa.

 

“A associação ajudará a criar o alcance e enfoques necessários para que o nosso negócio televisivo volte à rentabilidade e para ter êxito nesta indústria tão dinâmica”, declarou Frans Van Houten, Presidente e CEO da Philips. “Estamos empenhados na continuidade dos televisores Philips no mercado através desta nova empresa. A associação aproveitará a força da marca Philips, o seu poder de inovação e as relações comerciais, com o alcance adicional e a capacidade de fabricação da TVP. Este passo decisivo é o mais adequado para o negócio de Televisão, para o sector de Consumo e Estilo de Vida e para a Philips, no geral.”

 

“Estamos muito satisfeitos por ter a Philips como parceira nesta joint venture de televisão”, disse Jason Hsuan, Presidente e CEO da TPV. “Temos tido uma relação de trabalho sólida com a Philips durante muitos anos e acreditamos que juntos podemos tornar-nos num actor principal no mercado de televisão a nível mundial. O anúncio de hoje marca um passo importante na consecução das nossas ambições de crescimento no negócio da televisão e estou muito contente por ter a Philips como parceira”. 

 

A joint venture será responsável pelo design, fabricação, distribuição, marketing e vendas em todo o mundo do negócio de Televisão da Philips, com a excepção da China, Índia, Estados Unidos, Canadá, México e alguns países da América do Sul. Como parte da transição, a Philips concede à joint venture o direito de utilizar a sua marca, sob determinados de qualidade e estritas normas de suporte ao cliente, para o negócio de televisão em todo o mundo, com excepção dos territórios mencionados anteriormente. Em troca, a Philips receberá o pagamento dos lucros derivados da cessão de direitos. Os acordos de licença de marca existentes na China, Índia e América do Norte não se transferem à joint venture.

 

“Esta nova empresa assegurará um futuro sólido para a Philips Televisão, centrado no crescimento”, declarou o CEO da Philips Consumo e Estilo de Vida, Prieter Nota. “Esta aliança permitirá ao nosso renovado sector de Consumo e Estilo de Vida que se centre em converter-se num líder em saúde e bem-estar na maioria dos mercados que elegemos”.

 

Termos principais e condições da transacção:

• A Philips concederá à joint venture o direito de utilizar a marca Philips durante um período inicial de cinco anos com uma renovação automática por outros cinco anos, mas considerando que joint venture cumpra uma série de indicadores-chave de desempenho.

• A joint venture não pagará nenhum direito em 2012 e pagará direitos de pelo menos 50 milhões de euros anuais a partir de 2013. No ano de 2013, a taxa anual a pagar será de 2,2% das vendas. A partir de 2014, a taxa anual a pagar pela joint venture será 2,2% das vendas, que pode aumentar com um componente variável, até 3% no máximo das vendas sujeitas a certos critérios de desempenho.

• Uma vez completada a transação, a TPV comprará 70% das acções da joint venture por um preço de compra deferido, que será calculado como um múltiplo de quatro vezes o EBITA médio da joint venture desde o ano de 2012 até ao momento em que a Philips exerça o seu direito de receber o preço de compra. A Philips poderá exercer este direito em qualquer momento nos três anos seguintes à finalização da transação. Ainda, em qualquer momento a partir do sexto aniversário da data de finalização da transação, a Philips tem uma opção de venda da participação restante de 30% na joint venture com a TPV considerando a utilização da mesma fórmula.

 

Espera-se que a assinatura dos acordos definitivos seja realizada no terceiro trimestre, esperando que seja concluído antes do final de 2011. Entre a data deste anúncio e a assinatura dos acordos definitivos, a Philips participará nos procedimentos aplicáveis de consulta dos empregados e a TPV levará a cabo os procedimentos necessários “due deligence” sobre o negócio da televisão. A conclusão da transação está sujeita às aprovações legais e regulamentares pertinentes por parte dos accionistas e autoridades competentes.

 

A Philips reportará as perdas e os ganhos do negócio de TV como resultados extraordinários e o capital operacional líquido do negócio no balanço sob activos sujeitos a venda. As vendas do negócio de Televisão da Philips alcançaram mais de 3.000 milhões de euros em 2010.

Para mais informação:

 

Steve Klink

Philips Corporate Communications

Tel: +31 20 597 7415

Email: steve.klink@philips.com   

 

Joost Akkermans

Corporate Communications

Tel: +31 20 5977 406

E-mail: joost.akkermans@philips.com

 

Contacto para informação em Portugal e Espanha:

Ángeles Barrios

Directora de Comunicação, RRPP e RSC

Philips Ibérica S.A.U.

E-mail: angeles.barrios@philips.com

Tel. +34 91 566 90 40

.

Royal Philips Electronics

A Royal Philips Electronics da Holanda (NYSE: PHG, AEX: PHI) é uma empresa cujas actividades cobrem todos os aspectos de Cuidado de Saúde e Bem-estar, com o objectivo de melhorar a qualidade de vida das pessoas, proporcionando-lhes as necessárias inovações no momento certo. Como líder global em cuidado de saúde, consumo e estilo de vida e iluminação, a Philips integra tecnologia de ponta e soluções de design contemporâneo, sempre desenvolvido em torno das necessidades das pessoas e com base num conhecimento profundo do consumidor e na sua promessa de marca "Sense and Simplicity". Com sede na Holanda, a Philips emprega aproximadamente 117.000 funcionários em mais de 100 países. Com um volume de negócios de 22.300 milhões de euros em 2010, a companhia é líder global em cuidados críticos e problemas cardíacos, e telemonitorização, em soluções para iluminação baseadas na eficiência energética e novas aplicações de iluminação, bem como soluções de consumo para melhorar a qualidade de vida e lazer das pessoas, com uma sólida posição de liderança em Flat TV, barbear e cuidados masculinos, sistemas portáteis de entretenimento e saúde oral. Pode obter mais notícias da Philips em www.philips.com/newscenter ou www.philips.pt.

.

Forward-looking statements

This release may contain certain forward-looking statements with respect to the financial condition, results of operations and business of Philips and certain of the plans and objectives of Philips with respect to these items. By their nature, forward-looking statements involve risk and uncertainty because they relate to events and depend on circumstances that will occur in the future and there are many factors that could cause actual results and developments to differ materially from those expressed or implied by these forward-looking statements.

.