Philips aumenta vendas de Produtos Verdes em 52% das vendas totais e consegue alcançar o seu objetivo de inovação verde, um ano antes do previsto

Março 2, 2015

Amesterdão, Holanda  – A Philips anunciou um bom progresso no desempenho da sustentabilidade com as vendas de produtos verdes, que cresceram a 11,1 mil milhões de euros em 2014, representando um recorde de 52% das vendas totais[1]. Em 2014, a Philips investiu 463 milhões de euros em inovação verde e atingiu a sua meta de 2 mil milhões de euros do programa EcoVision um ano mais cedo do que o previsto. O sector da Iluminação aumentou os seus investimentos anuais, sendo o maior contribuidor para a inovação verde com 255 milhões de euros, destinados principalmente à promoção do desenvolvimento de soluções LED[2]. Além disso, a Philips conseguiu reduzir ainda mais a sua pegada  de carbono, agora em 5% relativamente ao ano de 2013.

 

"Alcançar a meta de 2 mil milhões de euros para a inovação verde antes do tempo é uma prova clara da aceleração de negócios sustentáveis e da criação de valor na empresa. Melhoramos agora a vida de 1,9 mil milhões de pessoas[3], demonstrando um progresso sólido em direção aos nossos compromissos EcoVision ", disse Jim Andrew, Presidente do Conselho de Sustentabilidade e Diretor de Estratégia e Inovação.

 

O portefólio global de produtos viu um ligeiro aumento da eficiência energética em 2014. Por exemplo, em Madrid, a Philips renovará todo o sistema de iluminação da cidade , com 225 mil novas luzes de baixo consumo, tornando-se no maior processo de renovação de iluminação pública do mundo até à data. Na Saúde, o portfólio de produtos verde é reforçado com sete novas introduções para melhorar os resultados dos pacientes e o acesso aos cuidados, reduzindo o impacto ambiental.

 

A Philips aumentou também os seus esforços na economia circular[4] e abriu um novo centro de recondicionamento de equipamentos de imagiologia em Best, Holanda. Esta instalação representa um marco importante para trazer benefícios económicos e ambientais da economia circular para o setor de saúde. Outro exemplo é a nova máquina de café SENSEO® Up, que incorpora efetivamente 13% de plástico reciclado no desenho do seu produto.

 

Jim Andrew acrescentou: "Nós vemos que as considerações sociais e ambientais tornaram-se num elemento crucial nas decisões dos clientes e acreditamos que a incorporação dos princípios da economia circular nos nossos negócios vão oferecer novas e importantes oportunidades para acelerar a inovação e crescimento. "

 

A atualização dos marcos da sustentabilidade na Philips em 2014 é parte integrante do Relatório Anual da Philips de 2014, disponível em: www.annualreport2014.philips.com

 

Notes to the editor:

 

About EcoVision

Programa EcoVision Philips compreende indicadores chave de rendimento nas áreas de melhoria da qualidade de vida das pessoas, as vendas de produtos verdes, inovação verde (incl. Economia Circular), Operações verdes, Saúde e Segurança e Sustentabilidade dos Fornecedores. Para obter mais informação sobre os objetivos de 2015, por favor visite o Relatório Anual da Philips 2014.

 


[1] Os Produtos verdes têm de demonstrar liderança em pelo menos uma área focal verde em comparação com os padrões do setor, definidos por um grupo específico de parceiros da indústria. Isto é feito para superar os produtos de referência (que pode ser um concorrente ou produto predecessor de uma família de produtos particular) em pelo menos 10%, superando os eco- requisitos ou sendo premiado com um rótulo de desempenho ambiental. As áreas verdes focais são: eficiência energética, embalagem, substâncias perigosas, peso, reciclagem e eliminação e fiabilidade da vida útil.

[2] Todos os números de rendimento foram atualizados para eliminar o impacto de Lumileds y Automotive.

[3] Para calcular quantas vidas estamos a melhorar, a informação de peritos sobre o  mercado e os dados estatísticos sobre o número de pessoas afetadas pelos produtos, que contribuem para a dimensão social ou ecológica durante a vida útil de um produto são multiplicados pelo número de tais produtos entregues num ano. Depois da eliminação da dupla contagem, calcula-se o número de vidas que se melhoram pelas nossas soluções inovadoras. Em 2014 melhoramos a vida de 1,9 mil milhões de pessoas.
[4] A Economia circular é um motor da inovação nas áreas de materiais- componentes e reutilização dos produtos, assim como os modelos de negócio, como as soluções e serviços. Numa economia circular, o uso mais eficaz dos materiais permite criar mais valor, tanto pela poupança de custos e o desenvolvimento de novos mercados ou o cultivo dos existentes.

Para mais Informação contacte por favor:

Ángeles Barrios

Philips Ibérica

Directora de Comunicación, RR.PP. y RSC

Tel: 915669040

angeles.barrios@philips.com

Beatriz Jiménez

Philips Ibérica

Comunicación, RR.PP. y RSC

Tel: 915669186

beatriz.jimenez@philips.com

.

Sobre Royal Philips:

Royal Philips (NYSE: PHG, AEX: PHI) é uma empresa diversificada em saúde e bem-estar, centrada em melhorar a vida das pessoas através de inovações significativas nas áreas de Consumo e Estilo de Vida, Cuidado de Saúde e Iluminação. Com sede na Holanda, a Philips contabilizou vendas de 21.400 milhões em 2014 e emprega aproximadamente 105.000 pessoas, com vendas e serviços em mais de 100 países. A companhia é líder em atenção cardíaca, cuidados intensivos, saúde em casa, soluções de iluminação energeticamente eficientes e novas aplicações de iluminação, assim como máquinas de barbear e cuidado pessoal masculino, e cuidado bocal. As noticias de Philips encontram-se em http://www.newscenter.philips.com/pt_pt.

.