Conectividade, conforto, flexibilidade e sustentabilidade são as chaves para o escritório do futuro segundo a Philips Lighting

3 de Outubro, 2016

Madrid, Espanha – Philips Lighting (Euronext Amsterdam: LIGHT), líder global em iluminação, anuncia o seu programa ”Future Office” que pretende avançar para o escritório do futuro. Neste programa erguem-se as chaves para o design e gestão destes espaços de trabalho, baseadas na conectividade, no conforto, na flexibilidade e na sustentabilidade.

 

Os espaços de trabalho mudaram nos últimos tempos. No início do século XX, os escritórios apresentavam uma estética rígida, com espaços delimitados e escritórios individuais. Agora, 100 anos depois, encontramos espaços abertos e colaborativos, onde as novas tecnologias permitem grande mobilidade e personalização das zonas de trabalho.

 

Sob este novo paradigma de escritórios, encontramos quatro chaves que definem o futuro dos escritórios:
 

  • A conectividade e personalização dos espaços que nos permite otimizar a utilização do edifício, em função das necessidades dos utilizadores, contribui para alargar a sua utilização. Paralelamente, permite criar espaços diferenciados e ao gosto do trabalhador que os utiliza, regulando os níveis ou a temperatura de cor da iluminação no seu posto de trabalho. A conectividade está a mudar a forma como concebemos os espaços e as possibilidades que estes nos oferecem.
  • A melhoria do conforto do empregado, que se consegue através de ambientes melhor iluminados que incluem a luz diurna. A melhoria das condições de saúde e bem-estar dos empregados tem um efeito na produtividade laboral e na redução das baixas. Todas estas melhorias têm um efeito positivo comprovado: se os empregados se sentem melhor, trabalham com maior eficácia.
  • Os escritórios procuram ter espaços flexíveis em função da atividade que os empregados têm de realizar: reuniões ou sociabilização, espaços para concentração, áreas destinadas à colaboração, ao descanso... As rotinas de trabalho estão a mudar e os espaços devem fazê-lo ao mesmo ritmo.
  • A procura da sustentabilidade é crucial na atualidade. Um edifício sustentável, para além de respeitar o meio ambiente e utilizar os recursos de forma eficiente ao longo da sua vida útil, também implica o cumprimento de normas de eficiência, poupança de energia e redução de custos operativos.
 

Estas quatro chaves saíram de uma série de workshops realizados em Berlin, Paris e Londres com a participação de diversas empresas, arquitetos e lighting designers. Os workshops fazem parte do programa Working People Light, promovido pela Philips Lighting desde 2009, que pretende explorar as alterações das tendências nos espaços de trabalho.

 

Mais informações sobre  os escritórios do futuro da Philips Lighting

Mais informações sobre o programa Working People Light

Para mais informações, contacte:

 

Philips Lighting Spain & Portugal

Jordi Manrique

Philips Lighting Spain & Portugal

Tel.: +34 672 221 958

E-mail: jordi.manrique@philips.com

 

Porter Novelli: Mafalda Gomes e Nádia Pereira

Mafalda.gomes@porternovelli.pt | 21 313 61 07

Nadia.pereira@porternovelli.pt | 21 313 61 06

Sobre a Philips Lighting

 

A Philips Lighting (Euronext Amsterdam ticker: LIGHT), é líder global em produtos, sistemas e serviços de iluminação e apresenta soluções inovações que abrem novas perspetivas de valor comercial e  proporcionam experiências enriquecedoras aos utilizadores e contribuem para melhorar a sua qualidade de vida.  Servindo os mercados profissionais e de consumo, lideramos o setor potenciando a Internet das Coisas para transformar casas, edifícios e espaços urbanos. Com vendas de 7.500 milhões de euros em 2015, temos cerca de 36.000 colaboradores em mais de 70 países. Mais informações em  http://www.newsroom.lighting.philips.com