A necessidade de segurança nos sistemas clínicos e dispositivos médicos

As implementações empresariais de sistemas clínicos e dispositivos médicos aumentam os desafios ao nível da segurança

 

Atualmente, muitos dispositivos médicos são concebidos como computadores especializados. Se a isso acrescentarmos diretivas como a Meaningful Use (Utilização pertinente) e o desejo dos profissionais de saúde de aceder aos dados do paciente a partir de vários dispositivos e localizações, é sem surpresa que os dispositivos médicos ocupam um número crescente de nós na rede de TI de cuidados de saúde típica.
 

À medida que os requisitos para garantir a segurança do paciente, fornecer aos profissionais de saúde um acesso prático às informações e às imagens, e garantir a segurança dos dispositivos médicos convergem, os profissionais de TI de cuidados de saúde enfrentam novos desafios.
 

As perguntas incluem:

  1. Como podemos garantir a segurança dos dispositivos médicos se os prestadores de cuidados acedem às informações e às imagens do paciente em vários dispositivos, incluindo dispositivos móveis?
  2. Quais são as fontes mais prováveis de ciberataques e os maiores riscos para os dados e como nos protegemos dos mesmos?
  3. Como podemos atingir os nossos objetivos de reduzir os custos operacionais minimizando os "casos pontuais" na nossa arquitetura empresarial ao interagir com dispositivos médicos regulados?
  4. Com as diferentes práticas de segurança recomendadas adotadas pelos fabricantes, como podemos avaliar os nossos fornecedores de dispositivos e sistemas, e saber com o que contar?
  5. Eficácia e segurança dos dados e do sistema para os nossos dispositivos médicos ligados à rede, conforme indicado na norma IEC 80001-1? Isto também pode estar associado à página relativa à mobilidade


Saiba mais sobre como o podemos ajudar a ligar sistemas, dispositivos e pessoas de forma fácil e segura.

Segurança dos dispositivos médicos


Geralmente, hospitais e organizações de cuidados de saúde semelhantes têm 
   

300% a 400% mais    

equipamento médico do que dispositivos de TI.¹

Contacte-nos

Dados de Contacto

* Este campo é obrigatório

Detalhes do contato

*
*
*

Detalhes da Companhia

*
*
*
*
*
*
*

Detalhes do negócio

Especifique o motivo do seu contacto para nos permitir prestar-lhe um melhor serviço.
*
*
*

Segurança desde o início


Os programas de segurança dos fabricantes são fundamentais para garantir que a segurança e a privacidade são uma preocupação central desde o início. Recentemente, a FDA publicou uma recomendação para que os fabricantes de dispositivos médicos e as instalações de cuidados de saúde tomem precauções para reduzir o risco de ciberataques, sublinhando a necessidade de utilizar programas bem concebidos. Os programas de segurança devem incluir alguns elementos-base fundamentais para serem bem-sucedidos:

 

programas de segurança dos dispositivos médicos


Os programas de segurança dos seus fornecedores abrangem as sete áreas?

A nossa abordagem inclui estes elementos-base e começa com estratégia, governação e política sólidas. É necessária formação contínua, bem como auditorias e avaliações.

O nosso desenvolvimento de produtos inclui avaliações detalhadas do risco e testes de vulnerabilidade que replicam o seu ambiente. Como as ameaças são contínuas e estão em constante evolução, temos programas para gerir eventos, bem como métricas, monitorização e comunicações para o manter informado.

1 Medical Device Security, HIMSS.org
É profissional de saúde?
Por favor, selecione a opção

Aviso:

A informação incluída nesta página destina-se exclusivamente a profissionais de saúde.