1
Cuidados respiratórios

Conhecer os factos


Mitos comuns sobre a asma
    Teofilo Lee-Chiong

    Aprender os factos com Teofilo Lee‑Chiong MD


    Chief Medical Liaison da Philips Home Healthcare Solutions*


    Renúncia de responsabilidade: As informações deste website são apenas informativas e não devem substituir a opinião de um médico.

    Em que medida a asma é perigosa?   

    Mito:

    A minha asma não é real. Está tudo na minha cabeça.

    Facto:

    A pieira, a falta de ar e a tosse noturnas são comuns na asma1. Não ignore estes sintomas. Consulte o seu profissional de saúde para fazer testes e confirmar um diagnóstico de asma.

    Mito:

    O meu filho tem asma e não deve praticar desporto.

    Facto:

    Além de ser agradável, praticar desporto é uma parte importante de um estilo de vida saudável. Muitos atletas conseguem controlar a sua asma e isto permitiu-lhes ter sucesso no seu desporto1, 2, 3.

    Mito:

    O meu filho nunca terá uma vida normal devido à sua asma.

    Facto:

    Mesmo que não exista cura para a asma, esta pode ser controlada. Qualquer criança com asma deve poder viver uma vida ativa e normal1. As crianças com asma bem controlada devem conseguir participar na maioria das atividades sem limitações. Ser ativo ajuda a criança a estar em forma e isso é importante para a manutenção de um peso saudável.

    Como é diagnosticada a asma?   

    Mito:

    Como só tusso à noite, não devo ter asma 

    Facto:

    A pieira, a falta de ar e a tosse noturnas são comuns na asma1. Não ignore estes sintomas. Consulte o seu profissional de cuidados de saúde para fazer testes e confirmar um diagnóstico de asma.

    Mito:

    Não devo tomar medicação para a asma se não tiver pieira, não tossir nem tiver aperto no peito.

    Facto:

    Na asma, a inflamação ou o inchaço das vias respiratórias pode existir mesmo que não tenha sintomas. Para manter os sintomas controlados, a inflamação das vias respiratórias subjacente deve ser reduzida pela toma regular de medicação de controlo3. Além disso, evitar os potenciais desencadeadores da asma é um fator importante para a gestão da asma.

    Mito:

    Todas as pessoas com asma têm os mesmos sinais e sintomas.

    Facto:

    Os sinais e sintomas da asma podem diferir consoante a pessoa1. Enquanto muitas pessoas têm pieira, outras podem só ter tosse. Os sintomas podem também piorar durante os ataques de asma. Saber de que forma a asma afeta cada pessoa vai ajudá-lo a gerir melhor o distúrbio e a tratar rapidamente quaisquer ataques.

    Noções sobre a monitorização do fluxo de pico   

    Mito:

    Um medidor de fluxo de pico é difícil de usar e as leituras não são rigorosas.

    Facto:

    Um medidor de fluxo de pico mede a forma como o ar se expulsa dos pulmões e deve ser utilizado em asma moderada a grave para monitorizar as alterações nas vias respiratórias. Um ataque de asma causa leituras de fluxo de pico baixas. A deteção precoce de leituras baixas permitirá ajustar as medicações e evitar uma emergência de asma7. Pergunte ao seu profissional de saúde se a utilização de um medidor de fluxo de pico é o melhor para si.

    Mito:

    Posso definir a minha própria "melhor leitura" do pico de fluxo

    Facto:

    O seu profissional de saúde recomendar-lhe-á a "melhor leitura" do pico de fluxo como parte do seu plano de ação contra a asma7.

    Mito:

    Não preciso de fazer uma leitura do fluxo de pico todos os dias

    Facto:

    Procure fazer a leitura do fluxo de pico duas vezes por dia, todos os dias, caso a sua asma esteja mal controlada8. Com estas leituras, ficará a saber se a sua terapia é eficaz e se a sua asma está a melhorar8. Procure manter uma boa rotina. Colocar o medidor de fluxo de pico junto à escova de dentes pode ajudá-lo a lembrar-se de o utilizar sempre que escovar os dentes quando acorda de manhã e à noite antes de se deitar.

    Noções sobre espaçadores e câmaras de inalação

    Mito:

    Quando utilizo o inalador, gosto do sabor e sinto a medicação na boca e na garganta, pelo que sei que estou a tomar a medicação.

    Facto:

    Para que a medicação contra a asma seja eficaz, tem de ser administrada nas vias respiratórias e não ficar na boca ou na garganta9. A medicação que sentir  na boca não está a chegar aos pulmões. Isso pode causar efeitos secundários, como dores de garganta, rouquidão ou uma infeção. Se utilizar o inalador convenientemente, não deveria acumular-se medicação na boca9. Reveja a técnica de uso do inalador com o seu profissional de saúde.

    Mito:

    Um espaçador é o mesmo que uma câmara de retenção com válvula.

    Facto:

    Não é. Os espaçadores e as câmaras de retenção com válvula são normalmente utilizados para ajudar a medicação a passar pela boca e pela garganta, e a chegar aos pulmões. Um espaçador é um tubo simples que se adapta à ponta do inalador. Uma câmara de retenção com válvula possui um espaçador que retém a medicação até que o utilizador inspire, materiais antiestáticos que impedem a medicação de se colar à superfície do espaçador, e válvulas de baixa resistência que permitem ao utilizador respirar facilmente através da câmara9, 10.

    Perguntas mais frequentes

    para receber mais informações

    Quer saber mais?

    Registe-se para se manter informado
    É um profissional de cuidados de saúde

    É um profissional de cuidados de saúde?

    RENÚNCIA DE RESPONSABILIDADE:
    As informações deste website são apenas informativas e não devem substituir a opinião de um médico.

    NOTAS DE RODAPÉ:
    [1] health.utah.gov. Asthma/pdfs/factsheets/myths_facts_asthma.pdf

    [2] everydayhealth.com. News/common-myths-about-asthma. Acedido em outubro de 2017.  

    [3] chop.edu. News/asthma-myths-and-facts. Acedido em outubro de 2017. 

    [4] breathefree.com. Asthma-treatment-and-control/asthma-in-special-situations. Acedido em outubro de 2017. 

    [5] nhlbi.nih.gov. Health/health-topics/topics/asthma/treatment. Acedido em outubro de 2017. 

    [6] asthma.org.uk. Advice/inhalers-medicines-treatments/common-concerns. Acedido em outubro de 2017

    [7] lung.org. Lung-health-and-diseases/lung-disease-lookup/asthma/living-with-asthma/managingasthma/measuring-your-peak-flow-rate. Acedido em outubro de 2017. 

    [8] asthma.org.uk. Advice/manage-your-asthma/peak-flow. Acedido em outubro de 2017. 

    [9] asthma.org.uk.  Advice/inhalers-medicines-treatments/inhalers-and-spacers/spacers. Acedido em outubro de 2017.

    [10] lung.org. Lung-health-and-diseases/lung-disease-lookup/asthma/living-with-asthma/managingasthma/valved-holding-chambers. Acedido em janeiro de 2016.