1

10 formas como o tratamento da apneia do sono pode salvar a sua vida

 

A apneia do sono é muito mais grave do que possa pensar. Não se trata apenas de ressonar alto e não conseguir dormir o suficiente. Em alguns casos, a apneia do sono pode ser uma questão de vida ou morte. Apresentamos uma visão geral das doenças potencialmente fatais que podem ser causadas pela apneia do sono. Se acha que pode ter apneia do sono, deve falar imediatamente um médico para obter um diagnóstico. O tratamento da apneia obstrutiva do sono (AOS) pode salvar a sua vida.

 

A apneia do sono pode fazer com que pare de respirar durante breves instantes enquanto dorme porque os músculos da garganta estão a relaxar e a bloquear as suas vias aéreas. Deve dirigir-se a um médico se sentir alguns dos seguintes sinais: ressonar alto, dores de cabeça, sonolência excessiva durante o dia e acordar sufocado ou ofegante durante a noite. Se tiver apneia, corre o risco de desenvolver as 10 patologias seguintes.

 

1. Hipertensão

A hipertensão é um dos principais riscos da apneia do sono e pode causar doenças cardiovasculares, AVC e enfartes do miocárdio. Cerca de 50% a 70% das pessoas com apneia do sono sofrem de hipertensão. Se for difícil tratar a sua hipertensão, verifique se tem apneia do sono.

 

2. AVC

O AVC é um risco muito real associado à apneia do sono. Na realidade, esta correlação pode ser tão grave como a correlação entre o tabagismo e o AVC. Isto, possivelmente, deve-se ao facto de os vasos sanguíneos no cérebro dilatarem quando os níveis de oxigénio diminuem.

 

3. Aumento da frequência cardíaca

A apneia do sono tem um impacto grave no sistema cardiovascular. Aumenta a frequência cardíaca (que corresponde ao número de batimentos por minuto), além de aumentar a tensão arterial. Quando para de respirar durante a noite, a sua frequência cardíaca diminui temporariamente e, em seguida, acelera rapidamente à medida que acorda.

Na verdade, a apneia do sono pode fazer mais do que apenas acelerar a frequência cardíaca. Pode contribuir para a fibrilação auricular, que é um ritmo cardíaco anormal.

 

4. Parar de respirar durante a noite

Quando tem apneia do sono, um dos sintomas clássicos é ter vários episódios durante a noite em que para de respirar. Isto por si só é perigoso, porque pode causar níveis baixos de oxigénio no sangue e níveis mais elevados de dióxido de carbono na corrente sanguínea.

 

5. Enfarte do miocárdio

Como a apneia do sono aumenta a tensão arterial e acelera a frequência cardíaca, a probabilidade de sofrer um enfarte do miocárdio aumenta. Foi isto que aconteceu a Carrie Fisher. Morreu aos 60 anos, quatro dias depois de ter um enfarte do miocárdio durante um voo. A sua assistente contou que teve vários eventos de apneia durante o voo, o que era normal. Por fim, o médico legista concluiu que a causa de morte foi "apneia do sono com outras condições: doença cardiovascular aterosclerótica, consumo de drogas".

 

6. Obesidade

Embora a obesidade possa causar apneia do sono, também tem um risco acrescido de se tornar obeso se tiver apneia do sono. A apneia do sono aumenta o risco de obesidade porque a privação de sono pode afetar as hormonas que regulam o apetite. Além disso, estar sonolento pode diminuir a vontade de fazer exercício ou aumentar a probabilidade de comer excessivamente.

 

7. Diabetes

A apneia do sono pode tornar a diabetes mais difícil de gerir. Pode causar um aumento da resistência à insulina devido ao aumento do dióxido de carbono no sangue. Além disso, o risco de obesidade também aumenta o risco de desenvolver diabetes tipo 2. De facto, um estudo apurou que 86% das pessoas com diabetes tipo 2 também tem AOS.

 

8. Morte súbita

Por mais assustador que possa parecer, a morte súbita é um "efeito secundário" real da apneia do sono. Em geral, as pessoas com apneia do sono grave têm um risco três vezes superior de morte do que as pessoas sem apneia. Porém, é particularmente provável que aumente o risco de morte súbita devido a paragem cardíaca. Alguns investigadores acreditam que isso se deve ao facto de a apneia do sono poder causar um ritmo cardíaco anormal.

 

9. Sonolência que provoca acidentes

Um sintoma característico da apneia do sono é sentir-se muito sonolento durante o dia. Isto pode provocar acidentes no local de trabalho e acidentes de viação porque está demasiado cansado para estar alerta. Um estudo apurou que as pessoas com apneia do sono têm uma probabilidade 2,5 vezes superior de serem o condutor num acidente de viação.

 

10. O abuso de substâncias piora tudo isto

O abuso de substâncias aumenta todas as probabilidades acima. Alguns tipos de substâncias podem até causar apneia do sono. A cocaína, por exemplo, pode danificar as fossas nasais, causando o colapso dos tecidos enquanto dorme. Os opiáceos podem deprimir o sistema respiratório e afetar os sinais enviados para o cérebro, causando sintomas semelhantes a apneia em algumas pessoas.

 

O tratamento adequado da apneia do sono pode reduzir drasticamente o risco de complicações de saúde. Pode necessitar de um dispositivo CPAP durante a noite, de um dispositivo oral ou mesmo de terapia posicional que o obrigue a dormir de lado e não de costas. Se acha que pode ter apneia do sono, marque imediatamente uma consulta com o seu médico.

Acha que pode ter apneia do sono?

Cuidamos do
teu sono

Conheça nossas equipas para apneia do sono

Nosso site pode ser melhor visualizado com a versão mais recente do Microsoft Edge, Google Chrome ou Firefox.